Ir para o conteúdo

Como escrever um artigo: boas práticas e dicas

5 min. de leitura

Avatar de CWI

CWI Autoria do conteúdo


Nesta leitura você irá aprender a escrever um bom artigo, com dicas sobre a estrutura e desenvolvimento do texto. Aprimore suas habilidades de escrita e produza textos relevantes para a sua área, utilizando as melhores estratégias para o sucesso com o seu leitor. 

Siga lendo para descobrir as melhores práticas e orientações para um artigo bem ranqueado e escrito.


Como escrever um artigo?

Escrever um artigo é uma arte que muitos podem dominar. A seguir veremos alguns pontos importantes de se destacar para uma boa escrita. Para a leitura fluir, é necessário que o leitor se envolva com o texto e que ele tenha a capacidade de se mostrar claro e coeso. 

Na foto há um computador com as mãos digitando sobre ele e, ao lado, há papéis de rascunho.
Fonte: Google Images

1. Entenda o assunto que você irá desenvolver

Para começar, é necessário definir o assunto que será tratado. Dessa forma, ações estratégicas serão tomadas para atingir o nível de qualidade ideal para o texto. 

Algumas perguntas que você deve se fazer: 

  • Que assuntos quero abordar? 
  • Quem será o leitor?
  • Qual o contexto que o meu texto será inserido? 
  • Quais informações são relevantes? 

A delimitação do tema é uma parte muito importante para a estruturação do artigo. Além disso, saber o público que será leitor facilita na hora de escolher o centro do texto, pois você focará em colocar informações que irão cativar a atenção dele.

Após o entendimento do tema, é preciso partir para a pesquisa. Ela é uma parte fundamental para um bom desenvolvimento da escrita, visto que quando se sabe mais sobre o assunto, fica mais fácil e fluido o desenvolvimento da argumentação. Dessa forma, a pesquisa por referências, mas também por conhecimentos de uma forma geral, enriquece o conteúdo e traz autoridade.


2. Tenha referências sólidas

Como comentado no tópico anterior, a pesquisa prévia do assunto do texto é fundamental para embasar a argumentação. Sabendo disso, também são parte do texto as referências colocadas para fundamentar o conteúdo trazido. É importante apresentar informações sólidas, ou seja, sustentadas em pesquisas ou que possuem alguma voz com autoridade, como pesquisadores e acadêmicos, por exemplo. 

Para garantir credibilidade ao seu texto, elas devem ser coletadas a partir de sites e fontes confiáveis. Abaixo estão listados alguns locais que podem oferecer conteúdos de confiança e que são seguros: 

Esses portais podem ser um caminho confiável para o início da sua pesquisa. É claro que livros e outros materiais publicados também são uma ótima opção para buscar referências de qualidade. 


3. Estruture estrategicamente o texto

Aqui já estamos na parte de transformar o esqueleto do texto em algo mais estruturado. Após realizar um rascunho do que pretende aprofundar no artigo, chegou a parte de organizar as ideias em etapas e dividi-las em tópicos. A escrita precisa ter um início, meio e fim, mas é você quem define a organização dela. 

É crucial que o seu texto tenha uma ordem lógica e natural, afinal o leitor deve ser guiado através das palavras pelo conteúdo, e, no final, ter compreendido totalmente o propósito dele. Para isso, escreva de maneira clara, objetiva e coerente, com boa estruturação das frases e dinamicidade na leitura. Escrever frases curtas e diretas pode ser uma boa opção

Outra dica é atentar-se aos intertítulos, eles podem ser de grande ajuda para a sua organização. Os intertítulos são utilizados para introduzir um novo tópico ou destacar determinado assunto. Faça bom uso deles e garanta que o leitor consiga localizar as informações desejadas. 

Divida seu texto em partes e, em cada uma delas, apresente um tópico importante do conteúdo. Ao realizar essa divisão, nomeie elas com palavras-chaves do assunto. Tal ação será melhor explicada no próximo item, e isso ajudará a melhor ranquear o seu texto e também organizá-lo logicamente. 

Subtítulos também são uma boa estratégia para uma melhor organização e coerência da escrita. A formatação dos subtítulos pode ajudar na compreensão do conteúdo (e também em um melhor rankeamento SEO), portanto atente-se às heading tags, que dividem a informação em pequenos títulos e estruturam o texto em diversos “blocos”. 


4. Selecione as melhores palavras-chave

As palavras-chaves são elementos fundamentais para um bom entendimento do texto, mas também para um bom ranqueamento de SEO nos sites de busca. Quanto mais específicas e adequadas ao conteúdo, melhores as chances de aparecer em primeiro lugar organicamente. 

Para a escolha de palavras-chave, você pode utilizar ferramentas que ajudam a avaliar o volume de buscas de palavras. O Google Keyword Planner, que permite a procura de termos relacionados a um determinado assunto, é uma delas. 

Após a escolha dessas palavras, utilize-as com sabedoria distribuindo-as ao longo do texto de forma estratégica. Como comentado anteriormente, coloque-as em intertítulos e em destaque no corpo do texto, dessa forma elas ficarão em evidência e farão sentido para quem está lendo. 


5. Utilize hiperlinks

Inserir hiperlinks no texto é uma boa alternativa para enriquecê-lo e também para melhor ranqueá-lo nos sites de busca. No entanto, é necessário prestar atenção em que tipos de links são colocados e se fazem sentido com o contexto do que foi falado. 

Links podem ser utilizados para melhor explicar um conceito, trazer exemplos de ações comentadas e até contextualizar o que foi escrito. Eles funcionam bem com palavras-chave ou como um elemento para pesquisa.

Importante atentar-se para a melhor forma de inserir links no seu texto. Para um bom ranqueamento, a quantidade, a diversidade, o texto-âncora e a confiabilidade dos links são cruciais. Por exemplo, utilize um texto clicável maior, e não apenas uma palavra. Repare na acessibilidade do texto, não coloque hiperlinks em termos como “clique aqui”, pois aqueles que não conseguem visualizar acabam sendo prejudicados.  


6. Atente-se à escaneabilidade do texto

Escaneabilidade é uma técnica que otimiza o conteúdo e facilita a leitura do indivíduo, deixando-a mais fluída. O texto pode possuir elementos e organizações que favorecem a dinamicidade da leitura e diminuem o tempo de concentração necessário. 

Algumas estratégias são:

  • Desenvolver suas ideias em pequenos parágrafos;
  • Inserir imagens e outros elementos não verbais para ilustrar; 
  • Utilizar o bold para destacar partes importantes do conteúdo e trazer subtítulos e divisões bem harmônicas.  

Pensar no esforço que o leitor precisa fazer para ler o texto é uma boa estratégia para aplicar o processo de escaneabilidade. Afinal, você não gostaria de consumir um texto longo e cansativo, certo? 


7. Não esqueça de revisar 

Terminou o artigo? Revise-o. 

Muitas vezes podemos evitar erros ao revisar nossa escrita. Além dos erros de português, que, às vezes, geram um impacto grande na leitura, conseguimos ter uma noção de como ficou nossa disposição de informações. 

Dê um tempo para a mente após o término da escrita antes de começar a revisar. Dessa forma, seu cérebro consegue se distrair e “desviciar” do texto para, depois, se concentrar nos detalhes. Importante se atentar a esses quesitos: ortografia e gramática, repetições de palavras, o uso das palavras-chaves, a inserção dos hiperlinks e frases mal construídas. 

Para reparar nos detalhes e erros de português, aqui vão algumas dicas importantes! 

  • Utilize o Michaelis como um dicionário confiável para confirmar grafia correta das palavras; 
  • Na Academia de Letras Portuguesa, é possível ver o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, com classes gramaticais e informações suplementares;
  • O Manual de Comunicação do Senado pode servir de auxílio com sugestões de padrões, como uso de maiúsculas e minúsculas, abreviações, entre outros; 
  • Existem blogs, como o Toda Matéria e o Blog da Dad, que ajudam em dúvidas específicas;
  • Aproveite sites como Sinônimos para evitar repetições de palavras; 
  • Meça o nível de leiturabilidade de um texto por ferramentas como Hemingway App.

Por fim…

Escrever um artigo é trabalhoso, porém com essas instruções e dicas fica mais fácil. Além disso, compartilhar conhecimento com a comunidade é sempre um motivo de orgulho, afinal é assim que evoluímos e aprendemos uns com os outros. 


Referências

Como construir um texto 

Como escrever um artigo 

Referências para trabalhos acadêmicos

Como enconcontrar as referências adequadas

Seis dicas para escolher a palavra-chave do seu artigo 

Escaneabilidade 

Gostou?